terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sacrario


Vibra vida.
Ora sono, sonho ausente,
Vira porto.
Ora horto,
Quarda os bichos da gente!

Um comentário:

  1. Cleo, me identifiquei com esta poesia maravilhosa. Parabéns.

    ResponderExcluir